MATÉRIAS PARA PESQUISA
PORTUGUÊS
HISTÓRIA
BIOLOGIA
EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTES
LITERATURA
GEOGRAFIA
ORIENTAÇÃO SEXUAL
ARTE
RELIGIÃO
INTELIGÊNCIA EMOCIONAL
BRASIL
MUNDO
LIVRO DOS PORQUÊS
 
 
 
"A capacidade de fazer amigos é, de longe, a mais eminente entre todas aquelas que contribuem para a sabedoria e da felicidade."
Epicuro (341 ou 342-270 a.C.), filósofo grego
 
 
MATÉRIAS PARA PESQUISA

» A importância do petróleo para a economia mundial

A história do "ouro negro"

A palavra petróleo vem do latim petra (pedra) e oleum (óleo), com o sentido literal de um "óleo que nasce da pedra". Na verdade, o petróleo se origina da combinação entre moléculas de carbono e hidrogênio. Essa combinação ocorre pela decomposição de seres que compõem o plâncton (protozoários e celenterados, entre outros), causada pela pouca oxigenação e pela ação de bactérias. Os seres decompostos durante milhões de anos no fundo de lagos e mares, pressionados pelo movimento da crosta terrestre deram origem a uma substância oleosa, de tons variados entre negro e castanho e cheiro característico que nos habituamos a chamar de petróleo.

Sua utilidade é conhecida há centenas de anos. Acredita-se que Nabucodonosor teria utilizado o betume (uma mistura de hidrocarburetos, solúveis em solventes orgânicos, natural ou obtida em processos de destilação) como substância indispensável para proporcionar a liga para a massa das construções dos lendários Jardins Suspensos da Babilônia. Também os egípcios teriam feito uso do petróleo para embalsamar os mortos e na construção de pirâmides.

Mas foi apenas no século XVIII que o petróleo começou a ser utilizado comercialmente. No início, ele foi útil na iluminação, na forma de querosene utilizado nas lâmpadas que permitiam à população, tanto das cidades como do campo, dormir mais tarde, podendo ainda exercer funções que antes não podiam ser realizadas após o anoitecer, como ler e escrever, por exemplo.

Com a invenção dos motores movidos a gasolina e diesel, o petróleo começou a adquirir mais importância e a busca por ele se tornou maior. As primeiras operações de perfuração do solo em busca do petróleo, algo ainda bastante ousado para a época, teriam acontecido nos Estados Unidos, por volta de 1850. O homem que deu início à perfuração de poços de petróleo foi Edwin L. Drake, que, por sua ousadia, ficou conhecido como "Drake, o louco". Paralelamente, a Europa também iniciava sua produção, que teve de enfrentar uma competição bastante acirrada com outras matérias-primas consideradas mais nobres, como o carvão, a linhita, turfa e alcatrão.

Hoje o petróleo é uma das matérias-primas mais importantes da civilização moderna. É utilizado como fonte de energia e seus derivados são transformados em plástico, borracha sintética, tintas, corantes, adesivos, solventes, detergentes, explosivos, produtos farmacêuticos e de cosmética, entre outras muitas aplicações.

Assim, o petróleo se tornou indispensável no cotidiano humano. Países como Estados Unidos e Japão enfrentariam grandes dificuldades caso houvesse algum problema no fornecimento de petróleo, dada sua dependência em relação a esta matéria-prima, que já se sabe vai se esgotar um dia. Por isso, não é difícil entender por que a posse das áreas de extração de petróleo é tão cobiçada por diversas nações.

 
 
 
ACESSO RÁPIDO
PROVAS DO ENEM

UNIVERSIDADES
ACRE
ALAGOAS
AMAPÁ
AMAZONAS
BAHIA
CEARÁ
DISTRITO FEDERAL
ESPÍRITO SANTO
GOIÁS
MARANHÃO
MATO GROSSO
PARANÁ
PERNAMBUCO
PIAUÍ
RIO DE JANEIRO
RIO GRANDE DO NORTE
RIO GRANDE DO SUL
RONDÔNIA
RORAIMA
SANTA CATARINA
SÃO PAULO
SERGIPE
TOCANTINS

PCNs
 
 
 
"Não há nada mais profundo, mais belo e comovedor, nem com maior poder no mundo, que um simples gesto de amor."
Eno Teodoro Wanke (1929-2001), engenheiro e poeta paranaense.
 
©2007 - 2011 - Editora Meca Ltda.
Rua Araújo, 81 • V. Buarque • São Paulo • SP • CEP 01220-020 • Fone: (11) 3259-9034 • Fax: 6257-0312